Hoje é o dia do disco, conheça a história!

disco

No dia 20 de abril comemora-se o dia do disco, uma importante ocasião para pensar na importância da música para a cultura e entretenimento das pessoas. Apesar de ser retrô e ter caído em desuso na década passada com o surgimento de novas tecnologias, o disco está em alta novamente e representa um importante avanço na história das mídias. O primeiro disco de vinil surgiu em 1948, tendo como objetivo substituir os discos de goma-laca, que fez grande sucesso na primeira metade do século XX. Ao contrário do seu antecedente, o vinil era leve, resistente a quedas, fácil de manusear e com tecnologia mais avançada para a reprodução musical.

Também chamado de Long Play (LP), o disco de vinil foi difundido no início da década de 50 para proporcionar a reprodução musical. As informações registradas no disco só podiam ser lidas e transformadas em conteúdos sonorosos através de um aparelho específico, que recebeu o nome de ‘toca disco’. Feito de plástico e com marcações na forma de espirais, o disco de vinil procurou adaptar a sua estrutura ao sistema de reprodução, facilitando assim o deslize da agulha que compõe o ‘toca disco’. A gravação da peça era feita de forma analógica para transformar as vibrações da agulha em músicas. No entanto, o vinil é feito de um plástico muito sensível e o seu conteúdo pode ser prejudicado por causa de riscos ou poeira. Hoje em dia é possível encontrar à venda discos antigos famosos, para a alegria dos colecionadores de vinil. Compradas e trocadas, as peças fazem sucesso entre as pessoas que gostam de objetos de outras épocas e são apaixonadas por música.

Este foi o primeiro vinil que peguei emprestado na vida, já escrevi sobre este fantástico e importante álbum do Pink Floyd – Wish You Were Here (clique aqui e leia o texto completo). É uma obra prima e logo de cara nos primeiros acordes de “Shine On You Crazy Diamond”, me fez ficar tão alucinado, que deixaria o doido original Syd Barrett com inveja e acabei fazendo este álbum rodar e rodar por várias semanas na vitrola antes de devolver, após ter conseguido comprar o meu e até violão eu quis aprender para poder dedilhar a encantadora “Wish You Were Here”, só para poder tocá-la em alguns momentos românticos.

Faixas:

01 – Shine On You Crazy Diamond (Parts 1-5)
02 – Welcome To the Machine
03 – Have a Cigar
04 – Wish You Were Here
05 – Shine On You Crazy Diamond (Parts 6-9)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s